Archive for junho \09\UTC 2008

Come On Over
junho 9, 2008

Single novo de Musa Mór, mais conhecida como, Jessica Simpson. 😉
Yeah beibê!
O novo cd estará nas lojas em setembro e eu estou roendo as unhas de ansiedade, néam?

Como ainda não tem clipe, vai um vídeozin que uma fã fez, pra quem interessar. 😀

Boa semana. 8)

Anúncios

O canal mais bonito que eu já fiz + Coisas da profissão
junho 8, 2008

Hoje vou dedicar o post p/ falar do que eu faço todo o santo dia: Meus canais! 😀
Na faculdade eu nem era tão chegada sabe? Eu tinha uma certa bronca, pq os paciente só apareciam na primeira consulta, que geralmente é aquela que elimina a dor. Depois o paciente tem que retornar pra terminar o procedimento e eles na maioria das vezes nunca retornavam. ¬¬

Um certo dia, eu estava no 7º período e peguei uma paciente que tinha um canal para tratar.
JAMAIS vou esquecê-la, D. Mª, ela foi comigo até o 8º, onde finalmente teve alta com sua boca totalmente clean. 🙂
Tá, mas isso não vem ao caso, o que eu quero dizer, é que na Clínica do 7º período a responsável pela parte da Endo era a pessoa mais insuportável, debochada e tinha mania de chamar os alunos de Ném! Essa professora ficou no meu pé durante 4 semanas, pq infelizmente tinha que me acompanhar no procedimento. Nunca rezei tanto pro tempo passar, terça-feira era o dia da forca pra mim. Ela era totalmente seca, tinha uma mania de querer deixar o aluno constrangido na frente do paciente que me irritava e outro de chegar do nada te dando aquele susto. Minha vontade era pegar a caneta (vulgo, motorzinho) e rasgar a cara dela toda!!!!
Ok, isso deveria fazer eu odiar a Endodontia, certo? NÃO!
Isso me fez correr atrás e ser uma fera nisso. Fera não, mas entender do assunto, não ficar só naquilo.
Daí eu resolvi fazer Endo e bla bla bla.

Entrando no assunto do post:
O canal mais bonito que eu já fiz!
Sou extramamente perfeccionista com as coisas que faço e no trabalho é a mesma coisa. Quando uma coisa não sai ao meu agrado sai de baixo! Logo, faço o possível pra tudo sair conforme eu quero, e na maioria das vezes eu obtenho sucesso. Mas como todo mundo, eu tenho um orgulho profissional:
O 46 do R. 😀
Se eu pudesse voltar ao tempo teria tirado outro RX daquele dente, ficou perfeitamente PERFEITO, ou como diz mamis Cay: TÊÚDÊMARAAAAAAAA!!!
Lembro que no dia eu fiquei mó tempão admirando o resultado, liguei pra todo mundo contando que tinha feito um canal que tinha ficado FODA. 8)
É, meu 46, meu não, do paciente, tinha ficado realmente lindo. Até meu patrão ficou com cara de idiota quando viu o RX! :p *Emoticon dando língua certo?*

Segunda parte do post:
Coisas da Profissão.
Ontem, eu estava atendendo normalmente, daí chegou uma paciente. Disse que estava com muita dor no dente e bla bla bla.
Ela me contou que tinha feito no canal no dente e que só faltava colocar a restauração.
Bom, já fiquei a pensar em ‘n’ coisas. Expliquei pra ela, que teria que radiografar primeiramente, para depois dar o diagnóstico. Ela concordou e dei início ao procedimento.
Quando eu terminei de revelar a radiografia vi que o dente não estava com canal tratado!!!!
Voltei e perguntei novamente à paciente se ela tinha certeza que o canal tinha sido tratado e fechado, ela por sua vez, sem hesitar disse que sim e me deu inclusive o valor que tinha pago.
Então, antes de dizer, preferi tirar outro RX, sei lá, né? Mas nem adiantou, estava lá, nítido, o canal não estava tratado e o dente vizinho, no qual está um pino, também não está!
Tive que dizer à paciente a verdade, contei da maneira mais “frágil” possível, fiz o procedimento que ela tinha pedido e ela foi embora.

E eu mais uma vez fiquei paralisada olhando pra uma radiografia, fiquei pensando naquilo sabe?
Será que uma pessoa foi capaz de fazer isso com a paciente? Mentir pra ela?
Colocou pino no dente sem canal tratado?
Pq as pessoas visam sempre o dinheiro e não o bem estar do próximo?
Será que a paciente mentiu?
Ela não pagou?
Ela não voltou, como aqueles pacientes da faculdade faziam?
Muitas perguntas, e infelizmente eu não sei a resposta, só sei que o canal tava lá: LINDO E VAZIO, ou melhor CHEIO, cheio de bactérias.

Por falar em canal cheio de bactérias, eu peguei um caso delícia em Belford Roxo. \o/
Lembrei da JUJU agora, com nojo do canal drenando. LOL
E na quinta-feira nem foi tão ruim, fui almoçar na hora de voltar do almoço, mas deu tudo certo. 😉

Até     

Mais algumas notícias
junho 5, 2008

Esqueci de mencionar que ontem tive duas festas para ir!!!!!
Uma da minha madrinha. Não era bem uma feeeeesta, era apenas uma reuniãozinha pra não passar em branco, a festa mesmo será dia 28/06! 😀
A outra era da sogra do meu irmão. Essa sim era feeeeeesta! Tinha tanta coisa booouua, pena que comi demais na minha madrinha, do contrário teria feito miséria lá na casa do irmão.
Que era minha antiga casa! Sempre que vou lá, corro direto pro meu antigo quarto, que agora é uma sala de TV! Já disse pra ele, que ali é um templo sagrado, teria que estar lacrado, sem acesso de estranhos. Passei toda a minha infância e pré-adolescência lá. É mto esquisito ir lá e ver outras coisas ocupando o meu cantinho. Nossa, como sinto falta de lá…
Morri de rir com o afilhado da minha cunhada me explicando o desenho Ben 10.
Gente, só vendo pra entender… Eu mais ria do que entendia! Ele tem a língua meio presa e com aquela vozinha de criança, sabe? hahahahahaha, muito bom.
Pena que cheguei tarde e tive que ir logo embora, faltou ele me dizer 2 nomes de personagens que ele esqueceu. 😦

Estava aqui resolvendo umas coisas, vendo outras e etc e tal… Quando vi o clipe dessa música no Multishow! PÁRA O MUNDO E ADJACÊNCIAS
Qualquer semelhança é mera coincidência. *Putz! Fiquei na dúvida de como se escreve, hahahaha.*

Your Love is a Lie
[Simple Plan]

I fall a sleep by the telephone.
It’s two o’clock and I’m waiting up alone.
Tell me, where have you been? (where have you been)
I found a note with another name.
You blow a kiss but it just don’t feel the same.
Cuz I can feel that you’re gone. (feel that you’re gone)
I can’t bite my tongue forever, while you try to play it cool.
You can hide behind your stories, but don’t take me for a fool!

You can tell me that there’s nobody else (but I feel it!)
You can tell me that you’re home by yourself (but I see it!)
You can look into my eyes and pretend all you want, but I know, I know
Your love is just a lie! (Lie! Lie!)
It’s nothing but a lie! (Lie! Lie!)

You look so innocent,
But the guilt in your voice gives you away.
Yeah, you know what I mean (know what I mean)
How does it feel when you kiss when you know that I trust you
And do you think about me when he fucks you?
Could you be more obscene? (be more obscene)
So don’t try to say you’re sorry, or try to make it right.
And don’t waste your breath because it’s too late, it’s too late!

You can tell me that there’s nobody else (but I feel it!)
You can tell me that you’re home by yourself (but I see it!)
You can look into my eyes and pretend all you want, but I know, I know
Your love is just a lie! (Lie!) Lie! (Lie!)
It’s nothing but a lie! (Lie!) Lie! (Lie!)
You’re nothing but a lie!

You can tell me that there’s nobody else (but I feel it!)
You can tell me that you’re home by yourself (but I see it!)
You can look into my eyes and pretend all you want, but I know, I know
Your love is just a lie!
I know, you’re nothing but a lie! (Lie!) Lie! (Lie!)
You’re nothing but a lie! (Lie!) Lie! (Lie!)
Your love is just a lie!

Deixe-me ir, tenho que separar uns materiais para amanhã!
:*

Dia de folga? Que nada!
junho 4, 2008

A quarta-feira começou com expectativas, bom, só começou mesmo…
Dia de folga, né? Então, eu sempre dou uma saída pra distrair a cabeça, mas como falei ali em cima, as expectativas foram pro bé-lé-léu! u.ú

Bom por um lado, eu tenho um monte de coisa pra resolver.
Começo de mês, faturamento do plano lá na Clínica, tenho que colocar tudo em ordem até amanhã.
Começando o movimento de pacientes na Clínica de migalinda, tel e Nextel sempre alertas.
Resumindo: Foi até bom as expectativas terem ido pra onde foram. 😉

Esse começo de semana foi um pouco agitado. Ontem a maioria dos paciente que não podiam faltar, faltaram. O que levou a minha pessoa a ter uma atitude desesperada:
“Anísia, liga pra eles e remarca pra quinta!”
Sendo que os horários de quinta estavam totalmente cheios. >.<
Mas tive que fazer isso, do contrário o meu próximo salário seria uma comédia!
Isso tudo é resultado de grande demanda de avaliações que minha querida patroa me enfia, praticamente até a guela. Ontem eu estava vendo a minha pasta,  abafa o caso, aff. ¬¬’
Com isso, amanhã chegarei em casa morta, no pó. Mas no próximo mês, tomarei as rédias e as avaliações não terão prioridades em minha agenda. 😀

Por falar em distrair, eu preciso muito… Sair, ver rostos desconhecidos, dançar, beber, rir e etc!!!!
Pq tem hora que ficar em casa CANSA e como, hunf!
Vou ver se sai alguma coisa boa nesse final de semana. 😉

Bom, passei só pra atualizar, vou voltar para os meus afazeres.
Beijos. 🙂

   

Juiz de Fora – Último Capítulo
junho 1, 2008

Hello big brother 4x
(Tati entenderá! :D)

Deixando a preguiça MEGA que me impede de fazer qualquer coisa de útil de lado, resolvi postar. 😉
Ainda tô meio ‘assim assim’ com o final do curso. Não me vejo no próximo mês sem ir à Juiz de Fora, que triste. Mas deixa eu contar como foi por lá.

O curso tava marcado pro dia 28/05, quarta-feira.
Marquei de ir com a Aldrea bem cedo, pq tínhamos que imprimir mais cópias da monografia e encaderná-las e euzinha aqui ainda tinha de quebra que aprontar a apresentação. 😀
Maaaass chegando em Nova Iguaçu tivemos a confirmação que nossa apresntação seria apenas na quinta pela tarde, então, Aldrea ficou comigo me ajudando na montagem da apresentação. Migalinda é TDB! 😉
Ficou tudo do jeito que eu gosto: Poucos slides e pouca coisa pra falar, AMO!

Peço autorização para pular essa parte da história, não foi uma coisa muito boa, preferia até que não acontecesse, mas aconteceu. Impediu que eu me focasse mais na minha apresentação, não consegui estudar bem a Monografia, mas, o que eu posso fazer? Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima!!!!

A mãe da Aldrea foi com a gente, chegamos e fomos direto pra faculdade.
Ainda estavam apresentando, então deu pra ver uma colega de turma se apresentar. E eu só sabia pensar que amanhã era a minha vez! Eu estava prestes a ter um ataque do coração, pq não conseguia me concentrar e estudar o meu projeto do jeito que queria. MEDO!!!!!!

Bom, saímos da faculdade, fomos pro hotel deixar nossas coisas. Nossa última entrada no hotel com direito a desconto especial. 😦
Durante esse tempo todo, passamos por 4 hoteis diferentes e o meu favorito foi esse que ficamos. Simplesmente adoro!
Depois fomos comer no Pró-Copão, um barzinho MARAVILHOSO que tem em Juiz de Fora. As coisas são ótimas e super baratas… De vez enquando terei que ir lá tomar aquela delícia de caipiríssima cremosa de morango, o feijão e a canjiquinha também. 😀

Voltamos para o Hotel, Aldrea estava ligada no 220 e eu desligadona.
Tava cansada, estressada, chateada, nervosa e ansiosa. 😦
Ela grudada no laptop, mexendo nos slides, lendo o projeto dela e eu na cama pensando com os meu botões.
Tinha resolvido pegar pra estudar na manhã seguinte. Seria melhor, estaria com a cabeça mais leve e poderia ler numa boa.

Só que no dia seguinte nós acordamos muito tarde, quase perdemos o horário do café! 😮
Eu, que na minha ingenuidade sem fim, pensei que estaria com a cabeça mais leve pra estudar, me ferrei de verde e amarelo. Estava pior! Acho que com a tensão da hora H estar chegando, não conseguia me concentrar em nada.
Então, fui andar pelas ruas de Juiz de Fora, pela última vez. 😦
Cooooomo sentirei saudades das coisas baratas! Das Melissas por R$:39,90, das bolsas, das blusinhas e do shopping novo que inaugurou quando o curso acabou. :p
PS: Comprei uma Melissa MARA, mas não foi R$: 39,90! ¬¬

E a hora vooooou Brasil!
Quando me dei conta a Aldrea já estava me chamando dizendo que eram 15h. 😮
Não, não poderia ser. Eu tinha esquecido TUDO! Como iria apresentar?
Aí começou o desespero e junto com ele vieram a vontade de fazer xixi, a tremedeira e a suadeira.
Quando chegamos ainda tinha uma colega apresentando e mais uma para apresentar, depois seria Aldrea e depois, fechando eu. Uia!

Aproveitei esse tempinho pra estudar mais e em cima da hora cismei de acrescentar umas coisas na minha apresentação.
Tinha pouca coisa lá e muita coisa pra falar e naquela altura eu sabia muito bem que não ia lembrar de tudo. 8)

Aí chegou a hora da Aldrea, entrei em pânico, pq depois era eu! 😮
Como ela conseguia disfarçar bem o nervosismo. Falou tudo com uma firmeza, se saiu muito bem.
Agora eu…
Simplesmente não lembro o que aconteceu. Só sei que falei rápido demais, enrolei a língua muitas vezes e como gaguejei. Logo, um fracasso total… 😦
Poderia ter sido melhor, mas eu acho que não foi tão ruim assim, pq os professores não criticaram nem nada.

Depois, teve a despedida.
Infelizmente, a turma não estava toda lá. Muitas pessoas não foram e perderam a melhor parte na minha opinião, quando meu professor mais lindo Drº João Batista, falou muito emocionado como era importante pra ele estar ali com a gente. Eu estava tão desconectada que nem chorei! No meu estado normal, teria chorado rios. Foram lindas as palavras dos dois professores que me tornaram uma Endodontista e deixaram bem claro que as portas estão sempre abertas para nos receber. 🙂

Como eu disse, não sei como será no próximo mês.
Foram 2 anos indo à Juiz de Fora, passando 4 dias no curso, chegando cansada ao hotel, acordando cedo e dormindo tarde, desejando que terminasse…
E agora terminou.
😦

Sucesso para os meus amigos Endodontistas!